|

A perspectiva de elevação de 79% na safra catarinense de trigo é o destaque do Boletim Agropecuário de agosto, da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri). O documento traz ainda aumento no valor de exportação da soja e reação dos preços pagos aos produtores de milho, em decorrência da perspectiva de queda na produção.

O Grupo Gestor de Governo (GGG) autorizou a Secretaria de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural (SAR) a dar início ao processo licitatório para a compra de 492 implementos agrícolas aos municípios catarinenses. A compra dos equipamentos para a agricultura, que tem recursos de emendas da bancada federal catarinense, conta com aporte de R$ 25 milhões do Governo do Estado.

Após a notificação do primeiro foco de peste suína africana (PSA) nas Américas, Santa Catarina intensifica ações de defesa agropecuária para proteger o plantel. Os catarinenses são os maiores produtores e exportadores de carne suína do Brasil e têm no agronegócio a base da sua economia. Para definir as estratégias de prevenção e conscientização, a Secretaria de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural reuniu técnicos e lideranças do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e iniciativa privada na última semana.

Grande importador de milho, Santa Catarina discute rotas alternativas para manter o abastecimento e reduzir a dependência externa. A intenção é continuar incentivando o plantio de cereais de inverno e o cultivo de milho grão para serem utilizados na ração animal.

Incentivados pelo Governo do Estado, os agricultores catarinenses apostaram na produção de cereais de inverno e devem colher uma safra recorde de trigo no próximo ano. As estimativas do Centro de Socioeconomia e Planejamento Agrícola (Epagri/Cepa) apontam para um aumento de quase 70% na produção de trigo em Santa Catarina, chegando a 290 mil toneladas.

A Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri) apresenta nesta terça-feira, 13, às 19 horas, um programa de capacitação on-line que tem como tema a agroecologia. A apresentação acontece no canal do YouTube da empresa. Desta vez, o público-alvo não é formado por agricultores, como é costume nas atividades da Epagri, mas sim pela população urbana, já que o tema é 'Conectando agricultores e consumidores'.

© 2020 Rádio Clube São Domingos-SC. Todos os Direitos Reservados.