|
Saúde

Saúde (511)

Neste fim de ano, em meio à pandemia de covid-19 - embora com queda acentuada das curvas de mortes e infecções - crescem no Brasil os casos de gripe. As duas doenças podem confundir, dada a semelhança dos sintomas.

Santa Catarina destaca-se no país pelos resultados positivos da vacinação em seu território. Desde janeiro deste ano, quando os imunizantes contra a Covid-19 chegaram ao Estado, iniciou-se uma logística de distribuição efetiva para que todos os municípios pudessem aplicar, de forma célere, as vacinas nos braços da população.

A melhora do cenário epidemiológico e o avanço da vacinação em Santa Catarina estão possibilitando alterações no enfrentamento da pandemia da Covid-19. Novo decreto editado pelo Governo do Estado de Santa Catarina nesta quarta-feira (22), muda a fiscalização para eventos corporativos, feiras de negócios, eventos sociais, shows e entretenimento, inclusive os eventos esportivos.

Com mais de 70% da população catarinense totalmente imunizada com as duas doses ou a dose única, o Estado se prepara para as festas de Natal, Réveillon e férias de verão. Neste mês, a SES divulgou a nota informativa n° 22 que traça recomendações sobre a adoção de protocolos de prevenção contra a Covid-19 durante os eventos, apontando que há mais de dez semanas nenhuma região do Estado vem sendo classificada nos níveis grave ou gravíssimo na Matriz de Avaliação de Risco e é natural que a sociedade busque retomar a rotina normal, mas que é preciso se alertar para a variante Ômicron.

A Anvisa aprovou nesta quinta-feira (16) a indicação da vacina Comirnaty para imunização contra Covid-19 em crianças de 5 a 11 anos de idade. A aprovação permite o início do uso da vacina no Brasil para esta faixa etária.

O Senado aprovou, nesta quarta-feira (8), projeto que obriga a preservação do sigilo sobre a condição de pessoa infectada pelos vírus da imunodeficiência humana (HIV), das hepatites crônicas (HBV e HCV) e de pessoa com hanseníase e tuberculose, no âmbito dos serviços de saúde; dos estabelecimentos de ensino; dos locais de trabalho; da administração pública; da segurança pública; dos processos judiciais e das mídias escrita e audiovisual. O texto aprovado foi um substitutivo da Câmara dos Deputados (PL 315/2021) ao PLS 380/2013, de autoria do senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), e foi relatado em Plenário pelo senador Rogério Carvalho (PT-SE). 

O mês de dezembro é marcado por uma causa de extrema importância, a luta contra o HIV/Aids, sendo o dia 1º o Dia Mundial de Luta Contra a Aids. A Síndrome de Imunodeficiência Adquirida (Aids), doença que já matou milhões de pessoas no mundo, principalmente nos anos de 1980 e 1990, quando ainda era pouco conhecida, hoje pode ser evitada com o diagnóstico precoce e a adesão ao tratamento. Além disso, nos serviços de saúde estão disponíveis gratuitamente diferentes formas de prevenção à infecção.

O Ministério da Saúde lançou hoje (30), a campanha nacional de combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor de doenças como dengue, zika e chikungunya. Até 31 de dezembro, serão divulgados na TV e nas redes sociais vídeos educativos para evitar a proliferação das doenças. 

A BioNTech informou, nesta segunda-feira (29), que começou a trabalhar em uma vacina para combater a ômicron, a nova variante do coronavírus detectada na África do Sul. Ainda não está claro se a empresa terá que retrabalhar a vacina que desenvolveu em parceria com a Pfizer contra a covid-19.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou um novo medicamento para o tratamento do HIV. Trata-se da combinação de duas substâncias – a lamivudina e o dolutegravir sódico – em um único comprimido.

© 2020 Rádio Clube São Domingos-SC. Todos os Direitos Reservados.